As empresas de ferramentaria oferecem, atualmente, variadas peças de maquinário industrial para serviço terraplanagem. Esses serviços consistem no ato de terraplenar, ou seja, escavar ou encher de terra uma área, deixando o terreno plano.

Este serviço consiste em um conjunto de procedimentos de escavação com transporte, espalhamento e compactação de terras de determinado terreno.

O como objetivo atender projetos topográficos, movimentando determinadas quantidades de terra no solo, a fim de reforçar ou torná-lo seguro.

Por isso, é um dos principais processos aplicados na construção civil e é feito para a criação de obras de engenharia do solo (tais como barragens, estradas de ferro, rodovias, canais e valas).

Para criar as fundações de edifícios e estruturas, que são erguidas a partir de outros materiais, para o nivelamento das áreas em desenvolvimento de construção e a remoção de quantidades variadas de terra.

O que utilizar para a terraplanagem?

Desta forma, a escavadeira é uma importante máquina do setor industrial. Ela se destaca, também, por ser um equipamento multifuncional. Ela possui duas caçambas, frontal e traseira, com funções distintas.

A caçamba frontal é, geralmente, utilizada para nivelamento de terreno, carregamento de caminhões e transporte de material dentro da obra e mede cerca de 2m de largura e têm capacidade para aproximadamente 0.80m³ de volume.

É também utilizada para espalhar asfalto, quando aplicada para a execução de pavimentação. A caçamba traseira pode ser utilizada:

  • Para a escavação;
  • Para separar as quantidades de terra, para carregamento de caminhões;
  • Para a demolição de construções como, por exemplo, paredes e pilares;e para o assentamento de tubos.

Essa caçamba de trás, possui várias dimensões diferentes e sua largura varia desde 30cm até 80cm, com capacidades e formatos variados.

Além disso, a multifuncionalidade desta máquina pode ser atestada na implementação de ferramentaria adicional em sua estrutura, a fim de realizar a execução de uma série de serviços.

Outro equipamento mecânico utilizado pela construção civil e industrial, principalmente no setor agrícola e no setor da mineração, é o moinho de martelo.

Trata-se de uma máquina responsável pela moagem de diversos tipos de matéria-prima e de produtos. Dentro da câmara de moagem, há o martelo ou batedores.

Que giram sobre um eixo em alta velocidade, regulada e controlada de acordo com a exigência do colaborador que a utiliza.

Após essa câmara, o material que foi batido e moído, é direcionado para um filtro (espécie de peneira) e então, descarregado na parte inferior da máquina.

No setor de mineração, o moinho é utilizado para quebrar em pedaços menores as rochas e os minérios e outros tipos de pedras mais resistentes.

Já no setor agrícola, abrange uma série de funções. Pode ser aplicado, por exemplo, para a moagem de grãos, na produção de suco de frutas, na trituração de sementes (como soja e amendoim).

E na desintegração de sementes oleaginosas (que são responsáveis pela produção de óleo), contribuindo para a elevação do nível de qualidade do óleo extraído.

O moinho de martelo é um equipamento fundamental para a indústria, principalmente para o setor agrícola.

A importância da emissão de laudos

O laudo pericial ambiental desmatamento e queimadas, poluição do solo, poluição da água, poluição do ar, ocupação irregular em áreas de proteção ambiental, são documentos solicitados quando há denúncia ou indício de algum desses fatores.

Os laudos são realizados por um perito, profissional técnico e especializado no ramo pericial. Ele é responsável por relatar o que observou e dar as suas conclusões ou avaliações, fundamentalmente.

Este sobre o meio ambiente e as condições da região para qual foi solicitado. O profissional segue as diretrizes básicas, os conceitos, os critérios e os procedimentos relativos às perícias de meio ambiente.

Bem como a classificação dos objetos quanto à natureza, a instituição de terminologia, convenções e notações, definição da metodologia básica aplicável.

Além de estabelecimento dos critérios a serem empregados, prescrição das diretrizes para apresentação de laudos e pareceres técnicos.

Esses quesitos são exigidos em todas as manifestações escritas de trabalhos periciais e a sua realização, é de responsabilidade e exclusiva competência dos profissionais legalmente habilitados.

Com o laudo pericial ambiental pronto, o perito avalia o impacto ambiental na região e, ao seu contratante, oferece medidas de minimização ou remediação das condições atuais da região.

Além dos planos de recuperação das áreas degradadas, em consequência do desmatamento, das queimadas, da poluição do solo, da água ou do ar.

E/ou da ocupação irregular em áreas de proteção ambiental, o perito apresenta planos de adequação às leis ambientais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *