A praticidade e economia no ramo de construção civil vem crescendo de maneira exorbitante, resultante da modernização industrial deste setor mercadológico. Atualmente, o tempo de execução de uma obra pode ser facilmente acelerado, devido ao surgimento de produtos e estruturas já prontas, necessitando apenas da etapa de instalação no projeto de construção. Isolando este desenvolvimento apenas aos materiais brutos, por exemplo o concreto, podem ser encontradas grandes inovações nesta área.

Recentemente, o principal exemplo atuante com força neste contexto de empreendimento são os modelos de concreto pré-moldados ou fabricados. Estas opções rápidas e baratas para uma empreitada – uma reforma, um grande projeto de engenharia, etc. – estão garantindo espaço no mercado industrial, produtos que poderão facilmente serem dominantes dentro de um futuro próximo no âmbito da engenharia.

A escolha do material adequado pode proporcionar diversas vantagens

Destinados a obras de âmbitos simples ou complexos, é essencial que se compreenda as especificidades que constituem estes dois tipos de concreto, para uma escolha eficaz do produto mais adequado, garantindo qualidade, economia e praticidade ao fim devido.

Os pré-moldados de concreto possuem menor rigorosidade no controle de qualidade, sendo necessário apenas a inspeção de uma pessoa capacitada a mando do próprio construtor ou proprietário da obra; contudo não devem ser considerados produtos inferiores. Este tipo de concreto consiste em um “elemento produzido fora do local na qual será definitivamente empregado”, segundo a NBR 9062, norma proposta pela Associação Brasileira de Normas Técnicas – popularmente conhecida como ABNT. No contexto contemporâneo, a aplicação destas estruturas em projetos residenciais vem sendo reconhecida e vastamente utilizada: a partir deste fato, surgem exponencialmente as casas pré-moldadas.

As vantagens resultantes da escolha por estes materiais, interligadas entre si (uma pode acarretar a outra), podem ser resumidas em:

  • Custo-benefício de alto rendimento;
  • Gasto de mão de obra apenas na etapa de acabamentos (pintura, por exemplo);
  • Benefícios ambientais, sem uma grande produção de resíduos na obra;
  • Tempo de obra acelerado, podendo realizar inúmeras atividades simultaneamente;
  • Entre outras.

Por outro lado, os elementos pré-fabricados de concreto são também produzidos em locais externos ao local da obra; contudo são fabricados em âmbito industrial, avaliados de maneira rigorosa desde a etapa de produção aos procedimentos finais, como transporte, armazenamento e utilização do cliente na construção. Deve ser registrado oficialmente, em que na documentação são necessárias as informações referentes à identificação, data, tipo de concreto e aço empregados, além da assinatura de todos os profissionais envolvidos, garantindo assim uma qualidade maior do produto.

Neste tipo de concreto, os benefícios principais são similares aos referentes ao concreto do tipo pré-moldado, sendo divergentes apenas nos procedimentos de inspeção e controle de qualidade. Um muro pré-fabricado, por exemplo, custa menos que o conjunto de materiais necessários para um muro produzido convencionalmente, além do custo maior com mão de obra necessária nesta segunda opção. Os benefícios apontados acima são facilmente identificados com um simples trabalho comparativo entre estas duas maneiras de produção de estruturas de concreto e a constituição de uma estrutura produzida em escala manual.

É de extremo interesse salientar todos os benefícios, sobretudo ambientais, gerados a partir de construções que utilizam destas variantes de concreto usinado. A emissão de poluentes na atmosfera, como o gás carbônico (CO2), derivadas dos procedimentos de construção manual de estruturas no próprio canteiro de obras de uma construção, é atenuada a partir da utilização de concretos pré-moldados/fabricados. Métodos sustentáveis e igualmente eficientes, demonstram comprometimento com problemas recorrentes na sociedade civil, como poluição, degradação ambiental, e muitos outros.

Estas inovações no ambiente da construção civil, sejam elementos moldados ou pré-fabricados, possuem diversos destinos, com destaque significativo na produção de:

  • Vigas;
  • Lajes;
  • Muros;
  • Pilares;
  • Etc.

Os principais índices de demanda por estas estruturas produzidas fora do canteiro de obras, se dão por projetos idealizados para grandes espaços e estabelecimentos. Dentre eles, estão aeroportos, estádios, prédios comerciais com grandes dimensões, entre outros.

Conte com profissionais qualificados!

Portanto, é essencial a busca por fornecedores destas estruturas pré-moldadas ou pré-fabricadas que assegurem um produto eficaz e sustentável. A confiança em todos os passos pertinentes (da fabricação à entrega) é de extrema importância no que diz respeito a escolha de uma empresa específica para o fim requerido.

Reconhecer os passos em desenvolvimento das técnicas de produção em todo o mercado industrial, em destaque ao da construção civil, é uma prática de incentivo ao surgimento de alternativas mais eficientes e práticas em décadas posteriores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *