Trabalhar com uma obra pode demandar um prazo curto e talvez seja necessário utilizar de alguns truques e técnicas para acelerar o processo de construção de modo a não interferir na segurança e integridade.

Uma obra requer a utilização de muitos produtos e a paralisação de um grande corpo de colaboradores, realizar a organização do espaço, de pessoas e materiais pode ser um desafio, mas é preciso para que tudo saia de acordo com o planejado. Vamos abordar neste artigo essas principais técnicas e métodos para acelerar a obra.

Organização e equipe

O primeiro quesito que se deve ressaltar é a organização. Isso porque é muito mais fácil olhar para o canteiro de obras e identificar qual o próximo passo e o que fazer quando está tudo no seu devido lugar.

No entanto, manter essa organização que é difícil. Por este motivo, vamos abordar isso em 2 pontos, o primeiro é a organização de pessoas e o segundo ponto é sobre a organização de materiais.

Para se ter uma ideia, é preciso que no meio da obra exista um escritório para que os engenheiros possam se reunir longe de todo o tumulto e tomar as decisões necessárias. Mas como fazer isso em meio a britadeiras, guindastes e caminhões?

A resposta mais fácil é usar o container escritorio, que traz a facilidade de ser móvel, podendo ser colocado em qualquer lugar da obra e também pela mobília poder se implementada de acordo com a necessidade das pessoas que irão utilizar o espaço.

É possível achar esse tipo de container com várias especificações, podendo ter 2, 3 ou até mesmo 4 andares, com escadas do lado de fora ou do lado de dentro e de todos os tipos de materiais.

Optar por container não traz só benefícios na área do conforto, como também reduz muito o custo com a locação de espaço, deixando o custo-benefício muito alto.

O mais recomendado nesse sentido é realizar a locação de container, pois com a facilidade da locação é possível escolher o tipo que melhor irá atender as necessidades da obra. Os tipos mais comuns para locação são:

  • Container Hig Cube;
  • Container aberto;
  • Container refrigerado;
  • Container Dry.

Cada um conta com suas especificações e é preciso entender de forma minuciosa quais as necessidades da equipe que irá utilizar o container para realizar a escolha do que melhor irá se adaptar.

Organizando materiais

Essa é uma das partes mais difíceis na organização de uma obra, pela quantidade de materiais utilizados é muito difícil realizar a descarga nos locais mais eficientes.

Desse modo, é preciso entender quais os principais materiais utilizados em obras e como fazer com que a organização deles seja efetiva de modo a acelerar a obra.

Material básico: Pedras e areia

Existem muitos tipos de pedras no mercado e elas são fundamentais para compor a parte externa de edificações, como jardins e entradas.

A sua principal utilização é na criação de outros insumos para aplicação na obra. Dentre todas podemos destacar o uso da pedra brita 1 que é o modelo mais comum em construções.

O material recebe esse nome pela classificação de tamanho, possuindo assim uma espessura média de 24mm.

Como já dito aqui, esse tipo de pedra é feita para constituir outros insumos, como lajes, colunas e etc. Sendo assim, é preciso pensar estrategicamente em que local posicioná-la na obra, para que fique no centro da operação e seja de fácil acesso, afinal é um itens mais utilizados.

Já o modelo mais utilizado de areia, outro item usado na composição de outros materiais, é a areia lavada.

Ela pode ser dividida entre 3 tipos, a fina, a média e a grossa, tendo cada uma especificações e sendo recomendada para certas aplicações.

Como a areia é, depois da pedra brita, o material mais utilizado em obras, é preciso armazenar de forma correta, em um local coberto para que não seja prejudicada pelas intempéries. Além disso, é recomendado a sua descarga em área central, para fácil acesso por toda a obra.

Locação de equipamentos

Como já ressaltado aqui é possível realizar a locação de equipamentos. É prático usar esse método para todo tipo de equipamento, o mais comum é locar guindastes, caminhões e outros equipamentos que terão uso breve na obra.

O processo de locação permite uma economia muito maior de tempo e de verba, isso porque é possível optar pelo equipamento que irá ter o melhor rendimento, deixando em aberto a opção de troca caso o material não se adeque a sua função ou pane.

Um equipamento que tem se popularizado nesse processo é a empilhadeira, principalmente por oferecer diversos modelos e operações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *