segurança

Segurança é uma palavra-chave para todos os sentidos da vida, seja ela segurança financeira, emocional ou mental-espiritual. Sempre queremos nos sentir seguros, salvos e respaldados.

E parte dessa vontade de permanecer seguro está atrelada à nossa integridade física, que está condicionada quase sempre aos ambientes que estudamos, moramos, trabalhamos e vivemos.

E para que seja feita com qualidade e eficiência, existem diversos elementos que nos protegem, como a rede de proteção para prédios, sobrados e afins, os extintores de incêndio e muitos outros elementos.

Muitas vezes não conseguimos mensurar o quanto esses elementos nos ajudam na sensação de segurança e conforto, além de garantir que a nossa integridade física não seja violada.

Esse texto falará de alguns elementos de segurança que são utilizados em diversos locais, desde condomínios até indústrias.

Tipos de controle de acesso para condomínios

O controle de acesso para condomínios é de suma importância para que os moradores se sintam seguros, isso porque garante que apenas pessoas autorizadas entrem naquele ambiente.

Por muito tempo, o controle de acesso ficou a cargo dos porteiros, mas hoje, alguns equipamentos têm facilitado o trabalho dos porteiros e os deixando mais eficientes também.

De modo geral, o controle de acesso sempre visará a dificultar a ação de estranhos mal-intencionados e facilitar a vida dos moradores. Assim, quando o sistema de controle de acesso implementado é adequado, são perceptíveis diversos benefícios como:

  • Aumento da segurança do condomínio;
  • Impossibilidade do acesso a estranhos;
  • Rapidez no acesso feito pelos moradores;
  • Redução de custos com a portaria.

Existem alguns tipos de controle de acesso que são feitos por condomínios hoje em dia que são:

1. Portaria física

É a mais usada, consiste no porteiro que controla o acesso dos moradores e dos visitantes. Aqui,o atendimento demanda mais contato, e o porteiro pode servir o condomínio também de outras formas, como a troca de extintor de incendio, ajudar um morador, entre outros.

2. Cartão de acesso de segurança

Dispositivo magnético que armazena informações do moradores, bastando aproximá-lo a um leitor para que os portões se abram. É prático, seguro e rápido, e controla o acesso a diversos locais.

3. biometria

Sistema de controle de acesso que usa as impressões digitais ou então o reconhecimento facial (e em alguns sistemas até a voz) para permitir o acesso ao condomínio. Possui um alto grau de segurança, já que é muito difícil realizar falsificações com as impressões digitais.

Porta corta-fogo para aumentar a segurança

As portas corta-fogo são muito importantes para o combate ao incêndio, geralmente são colocadas em estádios, cinemas, estacionamentos e outros tipos de lugares. Como o próprio nome diz, elas têm como objetivo segurar o fogo no local exterior à porta, impedindo a passagem dele para outros lugares.

A fechadura para porta corta fogo é de fácil manipulação, sendo apenas necessário empurrá-las para baixo e soltar, garantindo seu fechamento., são as chamadas barra antipânico.

Elas conseguem suportar o calor do fogo por no máximo 90 minutos. Em prédios, é de suma importância, pois, se pega fogo em algum andar, a porta evita que ele atinja as escadas ou então o acesso ao elevador.

Sistema de detecção e alarme de incêndio

Esse sistema é de grande importância para evitar incêndios e também para garantir a segurança das pessoas em risco de incêndio. Eles devem ser instalados em diversos locais, como escolas, prédios, galpões, indústrias e outros.

É mais do que uma central de alarme, o sistema de detecção de incêndio reúne diversos dispositivos que auxiliam na segurança e na prevenção dos incêndios.

Eles podem ser de diferentes tipos, existem os sistemas convencionais, digitais, analógicos e os sistemas endereçáveis (compostos por detector de fumaça endereçável). Independentemente do tipo, todos possuem a função de ajudar na segurança e são programados para agir com eficiência e qualidade.

O sistema de detecção e alarme é composto por detectores, tanto de fumaça quanto de temperatura, que são instalados em locais estratégicos nos ambientes.

Dessa forma, quando há presença de fumaça no ambiente, o detector aciona a central de detecção que, por sua vez, aciona os alarmes e os outros tipos de acessórios, auxiliando as pessoas que se encontram em posição de risco.

Assim, vemos que os dispositivos de segurança são essenciais para que a segurança das pessoas e também dos prédios e casas seja garantida, é necessário entender e instalar diversos tipos de processos de segurança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *