Seja uma casa com moveis planejados, paredes grandes e espaço amplo, ou ainda um apartamento pequeno, com poucos móveis, a decoração é uma parte essencial para que um lar seja definido.

Dessa maneira, é importante ressaltarmos que a decoração não é apenas o tipo de móvel que vai ser usado, ou o quadro que será colocado. Afinal, ela leva em consideração diversos elementos, como pinturas, revestimentos, tipos de materiais e assim por diante.

Hoje, o comércio de decoração e principalmente seu consumo, vai desde igrejas que usam pulpito em acrilico, até o design de salas de aulas em escolas e faculdades, passando por diferentes tipos de residência e comércios.

Assim, a decoração se tornou parte importante do cotidiano. Mas, para que seja desenvolvida de forma adequada, é importante saber dos principais tipos de revestimentos e aplicações que vem sendo trabalhados nas revistas de decoração especializadas.

Dessa forma, desde a colocação de gesso em salas de estar para que sejam feitas as sancas, até a escolha de um certo tipo de piso, tudo vai depender do seu gosto, da tendência, das técnicas atuais e, principalmente, das demandas daquele ambiente.

Revestimentos e decoração

Os revestimentos são muito importantes para diversas etapas da obra. Há os revestimentos de paredes como as texturas e os azulejos e há os revestimentos de piso.

Este texto trabalhará mais com o conceito de revestimento de piso, pois é um dos assuntos que mais vem ganhando e dividindo opiniões, ideias e situações.

Falaremos de dois tipos de revestimentos principais, que é o piso laminado e o piso vinílico:

1. Piso laminado

Como o nome diz, esse piso é composto por lâminas, sendo elas feitas de madeira.

Tais laminas possuem diversos comprimentos e larguras, além de muitos acabamentos, sendo a maioria deles a imitação da madeira.

São chamados também de pisos flutuantes, pois não são colados ou pregados junto ao contrapiso, mas sim sobre uma manta. São pisos mais baratos e mais sustentáveis se comparados aos pisos de madeira maciça.

De modo geral, são quatro lâminas que compõem o piso laminado. São elas:

  • Balanço;
  • Substrato;
  • Lamina decorativa;
  • Overlay.

O balanço é a parte inferior do piso, em que há o contato com a terra e o piso. É responsável pela resistência a umidade.

O substrato é a lâmina central do piso. Feita por um composto de alta densidade conhecido como HDF-H ele é o responsável pelos impactos e é o local em que há os encaixes de uma régua com a outra.

A lamina decorativa consiste em uma lâmina de celulose e dá beleza ao piso. Podem ser impressas ou em um filme de madeira.

Por fim, o overlay  é a película decorativa que ajuda na proteção contra a abrasão e dará resistência aos arranhões e riscos.

Há dois tipos de pisos laminados, os de madeira e os de alto tráfego.

Os de madeira são usados em casa e apartamentos sendo os mais comuns. Já os de alto tráfego são usados em grandes lojas, escolas e lugares que possuem grande movimentação de pessoas.

2. Piso vinílico

O piso vinílico, diferentemente do laminado, não é feito com lâminas de madeira ou material parecido, pelo contrário: é produzido por um material conhecido como cloreto de vinila, ou o chamado PVC, que é um tipo de plástico.

O piso vinílico pode ser encontrado em versões de placas, réguas ou então em mantas. Há inúmeras vantagens da instalação de piso vinílico na sua casa, pois eles ajudam a diminuir o ruído de passos e também a conservação de temperaturas ambientes.

O piso vinílico é ideal para quem é alérgico, pois por ele ser feito de PVC e receber uma resina de poliuretano se torna antialérgico.

Com isso, ele se torna ideal para decoração de quartos de bebê. Os pisos vinílicos são altamente personalizáveis, podendo encontrar diversos tipos de textura e cores.

Vale destacar neste ponto que a sua aplicação em quartos (que possuem no teto placa de gesso) e salas são recomendadas graças a sua capacidade de isolamento térmico e acústico, além de sua personalização.

Assim, vimos que os revestimentos são imprescindíveis para a construção de uma decoração que una qualidade, conforto e também utilidade.

Antes de tudo, é importante salientar, que a decoração só é feita com qualidade quando é planejada e executada por profissionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *