manutenção

As cidades estão cada vez mais verticalizadas, o que quer dizer que cada vez mais existem prédios em manutenção e principalmente, em construção, ou seja, um prédio reúne várias famílias e pessoas em um único local, com várias “casas”.

Por isso, seus procedimentos técnicos de construção e segurança precisam ser reforçados. O processo de construção já é bastante delicado, pois envolve uma estrutura técnica que seja de confiança, assim como uma equipe e construtora especializada no segmento.

No entanto, após a construção é fundamental pensar também na manutenção predial, principalmente, no que se refere à manutenção preventiva.

Esse tipo de manutenção, como o próprio nome já diz, é focado na prevenção de acidentes e de danos maiores ao prédio. Então, esse tipo de manutenção vai realizando pequenos reparos que são fundamentais para evitar problemas maiores.

Essa manutenção pode ser feita no cuidado com o elevador e sistemas de cabeamento, nos sistemas elétricos prediais, assim como na verificação e renovação dos laudos técnicos como é o caso do auto de vistoria do corpo de bombeiros (AVCB) e elementos de segurança.

Isso é importante para aumentar a vida útil dos equipamentos e garantir maior segurança e qualidade de vida aos moradores.

Além dos elementos que já citamos neste artigo, vamos falar um pouco sobre a construção e manutenção de outros aspectos em um prédio.

Estrutura metálica predial

Começando com a estrutura metálica, é fundamental dizer que os prédios são formados internamente por muito ferro, aço, blocos e concreto. Essa parte da estrutura é fundamental para garantir que o prédio tenha confiabilidade e seja bastante resistente.

Além disso, vários cabos participam desse processo como é o caso do cabo flexível de 8mm, que atua em várias instalações elétricas, assim como cabos para os sistemas hidráulicos e pneumáticos.

A instalação de escadas e manutenção

Outro elemento bastante interessante e obrigatório em um prédio são as escadas. As escadas, em torres menores, servem como um elemento de locomoção, e nos maiores, também pode servir como uma ação de segurança, no caso de um incêndio.

Para garantir o uso de um material mais resistente e confiável, é fundamental utilizar a escada aço corten.

O aço inox, como também pode ser chamado, é uma referência no ramo metálico. Isso porque, esse material apresenta características como:

  • Resistência;
  • Durabilidade;
  • Versatilidade;
  • Não enferrujar;
  • Ser moderno e sofisticado.

Por meio de cortes à laser e de peças que podem ser fabricadas de modo exclusivo para o seu ambiente predial, as escadas são fundamentais para oferecer segurança, locomoção, agregando também um material de excelente qualidade, como é o caso do aço.

Além disso, os degraus podem ser inovados, com uso de outros materiais mais sofisticados, que variam desde o vidro até a madeira, ou seja, o uso das escadas de aço nos prédios pode ser uma excelente opção.

Outro detalhe diz respeito aos condomínios de casas fechados, que podem agregar o uso de uma escada em inox, que seja bastante moderna e sofisticada, além de um planejamento específico.

Outro elemento interessante diz respeito ao uso do calço nivelador de escada, que é um material utilizado em escadas móveis, especialmente em processos de construção e reforma.

Esse material é utilizado em locais que são inclinados, mas que é necessário utilizadas uma escada. Então, esse material vem como uma forma de nivelamento e oferece qualidade e segurança nos locais mais desnivelados.

Elementos de proteção

Além de uma boa construção, assim como da instalação de escadas em seu prédio, é importante explicar também acerca das redes de proteção.

Na verdade, vários elementos podem ser utilizados em um prédio como um elemento de proteção, são eles:

  • Câmeras de segurança;
  • Cerca elétrica;
  • Portaria com profissionais qualificados;
  • Monitoria por uma administradora;
  • Telas de proteção em todos os apartamentos;
  • Sinalização em áreas externas e saídas de emergência;
  • Instalação de fitas e pisos antiderrapantes;
  • Cobertura para garagens, garantindo a proteção dos automóveis;
  • Instalação de extintores de incêndio;
  • Instalação de detectores de fumaça.

Sendo assim, existem vários elementos que podem garantir a segurança de um prédio, tanto em nível individual (que deve ser aplicado por cada morador), mas também no nível coletivo, visando prezar pela segurança de todos, principalmente, nos locais externos.

Para isso, é importante que o síndico convoque os moradores para consultar e informar a respeito das mudanças e melhorias que podem ser realizados no prédio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *