Basicamente O que é energia solar é uma energia eletromagnética que tem como sua fonte o sol. Ela se transforma em energia térmica ou elétrica podendo ser aplicada em muitos usos distintos. No entanto, as duas mais usadas e principais formas de aproveitamento da energia solar são a geração de energia elétrica e aquecimento solar de água.

Para obter a produção de energia elétrica são utilizados dois tipos de Sistema de aquecimento solar, o heliotérmico no qual sua irradiação é convertida em energia térmica e depois em elétrica, e a fotovoltaico que sua irradiação é diretamente convertida em energia elétrica.

A energia heliotérmica, também conhecida como energia solar concentrada (CSP) é, de acordo com o Ministério de Minas e Energia, no Brasil em média de 70% de sua matriz elétrica – baseada em energia hidráulica.

No entanto, hoje em dia outras fontes de Energia renovável, como a eólica, tem tido incentivos de investimentos, assim, como a energia biomassa e nuclear.

Como o país tem condições hidrológicas não favoráveis e com períodos longos de estiagem, a energia heliotérmica aparece como uma alternativa, pois, leva-se em conta que os períodos de seca aumentam o potencial solar por pouca interferência de nuvens e radiação solar mais intensa.

Existem muitos modelos de coletores disponível no mercado e a escolha deve depender de como será a aplicação. Pode-se encontrar dispositivos para captação solar como o Gerador solar, cilindro parabólico, torre central e disco parabólico.

Os equipamentos usados na energia heliotérmica são coletores que captam a radiação solar e a convertem em calor, transferido-o para um fluido, podendo ser ar, água, ou óleo, em geral. Eles têm uma superfície refletora, direcionando a radiação direta para um foco que é o receptor. Quando o calor é absorvido, o fluido perpassa pelo receptor.

Descubra os aspectos da energia fotovoltaica

A Energia solar fotovoltaica é uma energia que permite que sua irradiação solar se transforme diretamente em energia elétrica, sem requisitar um processo de energia térmica como no sistema heliotérmico.

Ela funciona quando as células fotovoltaicas, ou células de energia solar, são produzidas a partir de objetos semicondutores como o silício. Quando a célula é exposta a luz, parte dos elétrons presente no material são iluminados e absorvem fótons (partículas de energia da luz solar).

Os elétrons denominados livres são levados por um semicondutor e puxados pelo campo elétrico, formando uma área de junção dos materiais, tendo uma distinção de potencial elétrico nesses materiais semicondutores.

Depois desse procedimento, os elétrons são transportados para fora das células de energia solar e são usados como energia elétrica.

A energia fotovoltaica, segundo o Ministério do Meio Ambiente, pode ser aplicado nos seguintes projetos:

  • Irrigação e piscicultura;
  • Iluminação pública;
  • Atendimento domiciliar;
  • Bombeamento de água para abastecimento doméstico;
  • Sistemas de uso coletivo (escolas, UBS e centros comunitários).

Isto, porque, a energia fotovoltaica pode atender muitas demandas de eletricidade, tanto em comunidades rurais e isoladas.

Além disso, esse sistema não precisa de alta irradiação para funcionar, a quantidade de energia dependerá da densidade das nuvens. Se o número for muito baixo, a produção de eletricidade será menor em comparação aos dias de céu aberto.

A eficiência da conversão é medida ao verificar a proporção da radiação solar incidente sobre a superfície da célula em que realiza a conversão em energia elétrica. As células mais eficazes são as que proporcionam 25% de eficiência.

Veja algumas vantagens da energia solar

A energia solar é uma energia renovável e produzida pelo sol, ao ser convertida e transformada em eletricidade beneficia muitas pessoas.

Todo ano, o sol é capaz de produzir 4 milhões de vezes mais a energia do que é consumido, ou seja, é considerado um potencial ilimitado.

Vale destacar que para realizar as instalações é preciso contratar uma Empresa de energia solar para faze-la corretamente.

Conheça algumas das vantagens dessa energia:

  1. É um tipo de energia que não polui e a poluição derivada da fabricação dos equipamentos necessários para produção dos painéis solares é considerado controlável;
  2. Manutenção mínima em suas centrais;
  3. Atualmente os painéis solares são cada vez mais potentes e, ao mesmo tempo, o seu custo vem sendo barateado, ou seja, transformando a energia solar em uma solução financeiramente mais viável. Mas, lembre-se de verificar qual o tempo de vida útil dos painéis solares fotovoltaicos;
  4. Ela é um ótimo recurso para locais remotos ou com difícil acesso, porque sua instalação em pequena escala não requer investimentos grandes em linha de transmissão.

Vale ainda mencionar que nos países tropicais (como o Brasil) usar a energia solar é viável em quase todo o território e, se usada em locais distantes dos centros de produção de energia elétrica, reduz a procura energética nos centros de eletricidade e não teria perda de energia durante sua transmissão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *