externas

As áreas externas nos projetos arquitetônicos vêm sendo adotados cada vez mais e por diversos motivos. Um dos motivos é que essas áreas permitem um espaço para conversas com amigos e familiares, além de proporcionar momentos de lazer.

Afinal, com um banco para jardim de plástico é possível sentar e aproveitar a beleza do mundo. O segundo motivo é que as áreas externas valorizam o imóvel na sua futura revenda.

Assim, áreas externas são muito importantes e existem diversos modelos que podem ser elaborados como:

  • Piscinas;
  • Churrasqueiras;
  • Espaços gourmet;
  • Jardins.

Os jardins são um tipo de área externa mais desenvolvida pelos paisagistas e arquitetos, principalmente, por se tratar de um espaço que traz um equilíbrio entre o natural e o urbano e se torna um ambiente decorativo muito agradável, com muitos componentes como o uso de pedras para jardim, móveis, entre outros.

Neste artigo abordaremos os diversos componentes que compõe essas áreas e que permitem a sensação de beleza, elegância e segurança.

Os tipos de áreas externas

As áreas externas podem ser definidas como todo ambiente que tem como objetivo permitir o desenvolvimento de uma atividade agradável, tanto para o descanso, como para o entretenimento, portanto, sendo usado para relaxar, apreciar, reunir ou confraternizar.

Um dos pontos que devem ser levados em consideração é que não existe uma composição certa para as áreas externas, já que para isto é necessário buscar o perfil dos moradores, as atividades que desejam realizar.

Assim, essas áreas podem ser feitas com estrutura metálica leve ou até mesmo com revestimentos como os porcelanatos.

Desta maneira é imprescindível pensar a área externa como um complemento da sua casa, e para isso existem muitas possibilidades e que trataremos abaixo.

1. Piscinas

As piscinas são um dos componentes de áreas externas mais procuradas e divertidas, principalmente, para pessoas que possuem filhos pequenos.

As piscinas possuem diversos modelos, podendo ser infláveis ou de PVC, com as chamadas piscinas móveis, ou recorrer as piscinas fixas como de alvenaria, vinil ou fibra.

Complemente a área de piscina com espreguiçadeiras e mesa para area externa para manter o espaço mais utilizada.

2. Churrasqueira

O churrasco é uma das paixões culinárias do brasileiro, e nada como poder fazer uma boa carne no conforto da casa.

Assim, uma das composições das áreas externas é a construção de uma churrasqueira que podem ser de tamanhos e materiais diferentes como alvenaria, pré-moldada e elétrica.

As churrasqueiras geralmente compõe as chamadas varanda gourmet, com o uso dos utensílios de cozinha, persiana varanda gourmet, entre muitos outros componentes.

3. Espaço de jogos

Os espaços de jogos também chamadas de salas de jogos é um espaço muito lúdico e adaptado para diversas idade, contendo mesa de sinucas e ping-pong, e também jogos de tabuleiro e de videogame.

Para que o espaço tenha um ambiente de jogos é necessário investir em uma decoração temática.

Use luminaria de parede e equipamentos de audiovisual de qualidade para que músicas e outros programas sejam tocados enquanto se divertem com os jogos disponíveis neste espaço.

No tópico abaixo falaremos sobre alguns tipos de revestimentos que podem ser usados em áreas externas, sejam elas com piscinas, churrasqueiras ou outro aspecto.

Os revestimentos para áreas externas

Os revestimentos de piso são muito importantes para compor as áreas externas. Este revestimento deve ter uma área mais áspera ou antiderrapante, que evitam acidentes.

Os pisos ásperos são mais indicados para varandas, pois evitam acidentes. Abaixo falaremos sobre alguns modelos de pisos para as áreas externas.

Os pisos cerâmicos são um dos modelos mais econômicos e que oferecem uma grande quantidade de benefícios como a resistência. Esses pisos também podem ser encontrados com estampas diferenciadas como as que imitam pedras e madeiras.

Os porcelanatos possuem um grau de absorção quase nulo, sendo muito duráveis. São indicados para quem gosta de usar combinações iguais tanto nas áreas externas como em internas, já que os porcelanatos possuem um tipo interno e externo, mas com o mesmo tipo de estampa.

Os pisos drenantes são compostos de concreto e pedras granuladas, drenando a água que cai sobre ele, sendo chamado também de piso permeável. São usados no entorno de piscinas, calçadas e caminhos de jardim.

Além desses modelos é possível também usar pedras naturais e decks de madeira. Entendemos portanto que o desenvolvimento de uma área externa depende muito da necessidade das pessoas e do investimento disponibilizado para isto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *