organizar

Essa pode não ser a receita que você esperava para organizar a casa como um profissional, certo? Provavelmente pensei que lhe daria uma lista de suprimentos para comprar, curandeiros, cristais e manchas de todos os meus recursos. propriedade ou você a controla?

Não. Criar uma experiência espiritual fechando a bagunça remonta a uma pergunta muito simples: você controla sua propriedade ou você a controla?

1. Verifique sua atitude na porta e tome uma atitude cordial

A ideia de focar em “atacar” uma bagunça ou “matar” uma bagunça em um dragão simplesmente não inspira mudanças duradouras. É impossível conduzir energia agressiva apenas por um longo tempo. Você sai, toma decisões irracionais e fica vazio.

Embora a energia punitiva e baseada no medo possa iniciar inicialmente o início de um projeto organizacional, a concentração de adrenalina evapora tão rapidamente quanto surgiu.

Em vez disso, comece com um ritual organizacional com a cabeça limpa e o coração aberto. Toque em canais de energia positivos e recompensadores para criar uma energia de força vital sustentável.

2. Exclua itens indesejados em casa

Depois de ter feito o esforço e decidido se livrar dos itens que não servem mais para você, é importante removê-los de sua casa imediatamente e organizar o que ficou. 

Seus laços com eles podem ter sido cortados energeticamente, mas você não se sentirá leve até que esses itens estejam fora de vista. A exclusão das peças também garante que você não mude de ideia.

3. Adicione algo novo

Adicionar algo ao seu próprio espaço pode parecer o oposto, mas você provavelmente precisará de um pouco de decoração extra quando o espaço começar a acabar.

Tirar os resquícios da Mãe Natureza, como cristais, suculentas ou madeira flutuante, é uma maneira maravilhosa de criar uma casa que mantém, cresce e apóia você. Itens como as plantas, incensos, óleos essenciais em um difusor de aromas ajudam você a ter uma energia melhor.

Quando você remove o que não lhe serve mais, permita-se escolher o que você realmente quer e merece.

4. Feche a experiência com gratidão

Manter uma atitude de gratidão nos permite crescer mais do que queremos ser autênticos. Mesmo que sua propriedade seja avaliada e as coisas sejam perdidas, é uma experiência dolorosa pela qual agradecer.

A aceitação pode ser tão simples quanto dizer: “Sou grato pela minha casa”. Tente não ser muito complicado com esta parte. Há uma grande força que torna possível liderar a simplicidade.

5. Comprometa-se com a manutenção do espaço

Agora que o trabalho duro está sendo feito, estamos comprometidos em manter seu espaço livre. Peço aos meus clientes que inventem um mantra que os ajude a manter seus lares sagrados.

À medida que sua casa começa a se reunir e a parecer opressiva, um mantra pessoal pode atuar como um guia de volta ao centro.

Alguns bons exemplos são: estou comprometido em manter minha casa como um templo sagrado,sempre organizar, prometo dar atenção diária à minha casa, manterei minha casa limpa e brilhante e cuidarei da minha casa quando for um amigo querido.

Novamente, mantenha o mantra simples e profundamente pessoal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *